1 de agosto de 2017

O meu 1º carro

Foi comprado com o objetivo de o conduzir. Já tinha carta à mais de 10 anos, mas vontade de conduzir: 0 (zero).
Não foi logo que andei com ele (talvez 2/3 anos depois de o comprar),  só quando fiquei grávida do Afonso e depois dele nascer tive mesmo necessidade de conduzir. Comecei em percursos curtos. Muitos nervos. Medo, nem se fala... Aos poucos fui-me habituando. Os dois fizemos viagens que nunca pensei fazer (comigo a conduzir, como é óbvio!) .
Ontem passou para outra família. Que se comporte tão bem com os outros como o fez comigo. 


Sem comentários:

Enviar um comentário