18 de abril de 2017

Anita e as origens


Por vezes tenho necessidade de voltar à origens. As origens onde tudo me parece mais perfeito. Onde os cheiros e os aromas são aqueles com os quais me identifico. As tradições são as minhas. O sol, as flores, as plantas, os passarinhos, os caminhos, as gentes, o casario, tudo me trás saudades e uma ânsia enorme de mudança.
Olho para os príncipes e questiono-me porque não os deixei crescer ali. Mas hoje talvez seja tarde!
Ali sinto-me a Anita.







 


Sem comentários:

Enviar um comentário