10 de agosto de 2016

Dói!

Dói olhar lá para fora e ver o sol se esconder, mesmo sabendo que não há nuvens. Dói sentir o cheiro a queimado em todo o lado. Dói olhar para o horizonte e apenas ver chaminés de fumo. Dói pensar que vamos ficar sem as nossas belezas, sem o nosso verde. Dói pensar quanto tempo será necessário para tudo voltar ao normal. Dói pensar que a justiça nada faz. Dói ver as pessoas perderem os seus bens. Dói ver pessoas perderem vidas. Dói ver os NOSSOS HERÓIS esforçarem-se tanto, dias e dias, sem qualquer descanso. Dói, mas dói mesmo muito...
Assim é Portugal, nos últimos dias, uma nação de dor com tantos incêndios que nos rodeiam.

Sem comentários:

Enviar um comentário