4 de fevereiro de 2016

Há momentos de extrema alegria

O príncipe mais velho já tinha telemóvel, mas não preenchia bem as "suas medidas". Mostrei-lhe uma hipótese e ele até gostou, isto no fim-de-semana. Fiquei de passar na loja e levar o telemóvel. Na 2ª-feira, fui a uma loja perto do trabalho, mas avisaram-me que para ter  a promoção melhor, era melhor ir à loja no centro comercial. Nunca mais tive oportunidade de passar no shopping. O príncipe sempre a insistir. Mal chegava a casa era bombardeada, com: "trouxeste-o?"; "foste buscar o telemóvel?"; "quando podes passar lá?". Já não o podia aturar...
Ontem, quando saí do trabalho pensei, se não tiver muito trânsito para o shopping vou lá num instante.
Cheguei a casa com o telemóvel, mas o príncipe ainda não estava. Quando chegou lá veio a pergunta: "- Foste buscar o telemóvel?" Disse que não, depois sim, depois que o enganei..., até lhe lhe mostrei o tão desejado.
Bem, superou as expectativas dele. Foi amor à primeira vista. Dá gosto vê-los assim tão felizes... Passou o resto da noite de volta da novidade.

Hoje de manhã, ainda falava dele... Está a adorar, que já se habituou a ele, blá-blá, blá-blá, blá-blá....

Sem comentários:

Enviar um comentário