18 de fevereiro de 2016

A encomenda - #3

3ª-feira, logo de manhã, fui aos correios buscar a encomenda do meu marido. Uma caixa leve, mas enorme. Ao chegar ao trabalho mandei-lhe um e-mail.
 Algo do género, mas sabendo que o ia chatear:

"Fui aos correios. Queres as boas ou as más notícias?"

Achei estranho ele não me ligar. Fui ao café e ao chegar tinha uma mensagem:

"As MÁS"

Mandei um mail de resposta:

"As boas são: fui aos correios e comprei um livro muito giro para o Afonso."

Ele mandou logo um mail.

"Eu disse as MÁS"

Resposta:

"A encomenda não está nos correios"

Ele, mandou logo mail:

"Estás a brincar, só pode!"

Novo mail:

"Não, a encomenda não está nos correios. E, não estou a brincar!"

Ele, ligou de seguida. Uma chamada hilariante, que resume-se a:

" - Mas a encomenda não está lá? (stress, muito stress)
" - Não!"
" - ONDE ESTÁ?" (desespero!!)
" - No meu carro..."

Bem, nem imaginam as pragas que me rogou...

Deve ser por isso que desde ontem não mexo o pescoço...

Sem comentários:

Enviar um comentário