22 de janeiro de 2016

Só eu...

 
Já noite, à porta da escola dos meus filhos, aguardando a chegada do príncipe mais velho, que tinha ido a uma visita de estudo. Para que os outros príncipes não ficassem ali também à espera, já que a chegada estava atrasada, pedi ao meu marido para passar pela escola e levá-los para casa. Ele foi buscá-los e antes de arrancar diz-me qualquer coisa. Eu já tinha passado a estrada para o lado do meu carro, e como havia movimento não ouvia o que ele me dizia. Eu respondia: " - Depois dizes-me em casa!"; mas ele insistia e não saía dali e gesticulava. Até que percebi: " - Esse não é o teu carro! O teu carro está mais para baixo!"
Bem, saí levemente, de fininho para junto do meu carro. E ri-me ainda bastante tempo. Quase que abria a porta de um carro que não era o meu! Só eu!!! Será que alguém notou???!!!
 

Sem comentários:

Enviar um comentário