18 de junho de 2015

Leituras

 
O pai deu-lhes algumas obras para lerem. O príncipe mais velho ficou com "As Pupilas do Senhor Reitor", de Júlio Dinis. O que eu adorava as obras de Júlio Dinis. Ele não ficou muito agradado com a decisão, mas lá se obrigou a ler. Obrigou-se a ler mas acabou por gostar e se prender ao livro. Passou um dia todo a lê-lo (ninguém passa um dia todo a ler se não gostar!). Já me falou em irmos comprar mais livros. Uma evolução na leitura, e há clássicos tão bons...

Sem comentários:

Enviar um comentário